Permanecer jovem de coração pode trabalhar para melhorar a memória


A diferença entre as dificuldades normais e anormais de memória resume-se a isso: se você esquecer um nome ou de onde deixou as chaves, provavelmente estará OK. Se você não consegue lembrar como escovar os dentes, precisa de atenção médica.

Aqui estão mais problemas de memória que não fazem parte do envelhecimento normal:

• Deterioração notável da memória ao longo de vários meses;
• Repetindo histórias que você contou apenas alguns minutos antes, ou fazendo as mesmas perguntas repetidamente;
• Incapacidade de acompanhar o que você fez no início do dia;
• Esquecendo como fazer as coisas que você fez muitas vezes;
• Perder-se em um lugar familiar;
• Mudanças de humor inexplicáveis;
• Esquecer palavras comuns ao falar ou usar as palavras erradas, como “telefone” para “controle remoto da TV”;
• Dificuldade em seguir instruções;
• Decidir problemas;
• Dificuldade em lidar com dinheiro.

De acordo com um estudo, pessoas mais velhas que acreditam que sua idade diminuiu sua memória podem estar minando suas habilidades mentaisO estudo foi realizado na North Carolina State University. Os pesquisadores trabalharam com cerca de 100 adultos em dois grupos com mais de 60 anos e mais de 70 anos. Os participantes foram convidados a fazer uma série de tarefas envolvendo aritmética e memorização. Os pesquisadores disseram a alguns dos testados que a idade deles pode afetar os resultados do teste. O estudo descobriu que os membros deste grupo se saíram pior do que aqueles que não foram influenciados pelos testadores.

O que o envelhecimento realmente faz ao seu cérebro? Começamos a perder células cerebrais lentamente aos 20 anos. O corpo também começa a produzir quantidades menores de substâncias químicas cerebrais. Envelhecimento pode afetar a memória, alterando a maneira como o cérebro armazena e recupera informações.

Suas memórias remotas e de curto prazo geralmente não são afetadas pelo envelhecimento. Mas sua memória recente pode ser afetada. É por isso que você esquece onde colocou suas chaves há duas horas.

A seguir estão algumas técnicas que você pode usar para ajudá-lo a lembrar de coisas:

• Coloque itens importantes, como chaves, sempre no mesmo lugar. Quando perdi as chaves do carro, encontrei-as nos lugares mais estranhos. (Estou listando este primeiro porque ele funciona toda vez para mim.)
• Quando você não consegue pensar em uma palavra, passe pelo alfabeto em sua mente. Quando você chegar à primeira letra da palavra, você pode se lembrar dela.
Anotar compromissos e lembretes em um calendário ajuda. A maioria dos celulares tem um calendário neles. Eu coloquei tudo que tenho para lembrar no meu celular.
• Faça listas para tudo – compras, tarefas, itens para levar quando viajar.
• Confie nas rotinas. Se você associar o almoço a tomar o remédio, isso o ajudará a lembrar. As associações são importantes para lembrar outras coisas, como uma rota para a casa de um amigo.
• Quando você for apresentado a alguém, repita o nome da pessoa para si mesmo várias vezes.

*Texto escrito em inglês por Fred Cicetti e traduzido para o Blog da Revolução Prateada.

Veja também: Como o exercício aeróbico beneficia o cérebro – especialmente à medida que envelhece

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *